Imagens de Satélite Revelam Misteriosos Super Canhões Chineses!

Spot Image SA / IHS / RT

Imagens tiradas por um satélite europeu revelaram num polígono de testes no noroeste da China, duas grandes peças de artilharia de 26 e 36 metros.

Um satélite da Astrium, a divisão espacial eurepéia da gigante aeroespacial EADS, tirou fotos datadas de 19 de julho de 2013, mostrando dois enormes canhões no polígono militar de Baotou, na China, de acordo com o portal de notícias americano de defesa Jane’s

As duas peças de artilharia estão montadas sobre uma plataforma de concreto que apareceu neste local entre setembro de 2010 e dezembro de 2011, quando pela primeira vez obtiveram as imagens do espaço dos dois canhões. 

As imagens fornecidas pela Astrium confirmam que os objetos ainda estão no mesmo lugar de Julho de 2013, historicamente a China tem mostrado interesse em peças de artilharia de grande calibre e alcance. 

Na década de 70 do século passado com o Xianfeng foi experimentado um super canhão como parte do projeto 640 de mísseis anti-balísticos.

As imagens de 2011 mostram claramente uma série de pequenos objetos, que aparecem em branco, colocados na frente de uma peça de artilharia de 36 metros de largura, usada em testes de projéteis de alta velocidade. 

O outro canhão, de cerca de 26 metros de comprimento, pode ser o Xianfeng. É possível que ambos projetos sejam mantidos para uso experimental após o cancelamento do projeto em 1980. 
Nos anos 90, foi revelado que a China tinha construído um banco de provas de largo alcance para um “super canhão” semelhante ao Projeto Iraque Babilônia, projetado pelo engenheiro norte-americano Gerald Bull e, teoricamente capaz de abater satélites em órbita. Além disso, Bull estava muito envolvido no projeto de sistemas de artilharia chineses na década de 80. 

“É possível que a China esteja desenvolvendo um canhão eletromagnético”

No entanto, o site Jane’s oferece comentários sobre o assunto. Embora as peças sejam semelhantes aos objetos mencionados, é improvável que sejam destinadas à artilharia de longo alcance ou operações anti-satélite, dadas que a China desenvolveu sistemas de poderosos mísseis balísticos capazes de cumprir ambas missões

Especialistas do site sugerem que os dispositivos detectados, poderiam ser protótipos de canhões eletromagnéticos, mas também não descartam a possibilidade da China estar reutilizando seus projetos de artilharia poderosa das décadas de 70, 80 e 90 para novos testes de mísseis. 

Fonte: Rússia Today

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s