Passagem de Meteoro é Registrada no Interior de SP e Intriga Moradores!

Fenômeno foi registrado por moradora no céu de Andradina (Foto: Julieti da Silva Franco/VC no G1)

Uma “bola de fogo” que cortou os céus de cidades da região de Araçatuba (SP) e São José do Rio Preto (SP) na noite desta quarta-feira (23) deixou os moradores intrigados.

Por volta das 23h30, moradores da região de Bauru, Itatinga, Macatuba, Penápolis, Avaí, Andradina, Araçatuba e São José do Rio Preto avistaram a “bola de fogo” cortando o céu.

A estudante Aline Ramos viu o momento exato quando a luz no céu passou por Bauru. “Eu vi uma bola azul e vermelha com um rabicho. Achei uma das coisas mais bonitas que já vi. Foi bem especial porque eu estava com algumas amigas e a nossa reação foi aplaudir aquele espetáculo”, disse a estudante.

Se para algumas pessoas a reação foi admirar o espetáculo, outras se assustaram com o fenômeno raro. “Estava em uma roda de amigos em frente à casa da minha irmã cantando e louvando a Deus quando vi algo caindo. Parecia uma enorme bola de fogo que crescia cada vez mais”, disse o carpinteiro Hugo Rezende, 33 anos, de Andradina. Mesmo com o susto, o grupo de amigos conseguiu gravar a passagem do fenômeno. “Ficamos mais de 40 minutos revendo o vídeo e discutindo sobre o que poderia ser”, disse ele.

Em Rio Preto, a secretária Heloísa Ravazzi, 53 anos, estava indo ao shopping de carro quando foi surpreendida pelo meteoro. “Estava com a minha irmã quando vimos o que parecia ser uma imensa estrela. Era linda, grande, toda prata e brilhante. Quando fiquei sabendo que era um meteoro não acreditei. Achei que fosse uma estrela cadente”, conta.

A internauta Julieti da Silva Franco, de Andradina (SP), registrou o fenômeno e enviou o vídeo por meio da ferramenta colaborativa VC no G1. Ela conta que estava reunida com um grupo de amigos na frente da casa de uma amiga, quando um deles apontou para o céu. Ao virar a câmera para o céu, registrou o fenômeno. “Nós estávamos cantando quando vimos algo diferente no céu. No primeiro momento, achei que era uma estrela cadente, mas ela foi aumentando muito de tamanho e depois ‘caiu’ atrás de uma árvore”, afirma Julieti.

Felipe Delfini, que presenciou a gravação, conta que assim que o vídeo foi compartilhado, várias pessoas de outras cidades afirmaram ter visto o fenômeno no céu. “Foi muito rápido. Assim que colocamos o vídeo na rede social outras pessoas disseram no comentário terem visto a mesma coisa”, disse Delfini.

Em Tanabi (SP), a 215 quilômetros de Andradina, o adolescente Clécio Dourados, de 15 anos, flagrou o mesmo fenômeno enquanto andava pelas ruas. Ele conta que ia até a casa de um amigo quando viu algo estranho no céu. “Estava filmando e brincando com uma criança que estava comigo quando olhei para o céu, vi essa ‘bola de fogo’ e imediatamente filme e tirei foto. Como estava muito próximo de nós, saí correndo para ver o local em que iria cair. Mas foi muito rápido, quando olhei de novo ela havia sumido”, diz.

Clécio postou as fotos e o vídeo em uma rede social, onde, segundo ele, outras pessoas comentaram que também viram o episódio. “Muitos amigos disseram que viram de casa. Pelo fato de ter acontecido um fenômeno parecido há uns cinco anos, todo mundo fica esperto quando acontece esse tipo de coisa”, disse o adolescente.

Vitor Berger, amigo de Clécio, também viu a “bola de fogo”. “Eu e uma amiga vimos tudo. Ela fez um barulho muito alto e estranho, mas aí simplesmente desapareceu, sumiu do nada”, confirma Vitor.
Nota da Redação: Segundo a meteorologista Neide Oliveira, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a “bola de fogo” se assemelha muito a um meteoro.

O professor Rodolfo Langhi, diretor do Observatório Didático Astronômico, da Unesp, de Bauru, analisou diversos vídeos com as imagens e chegou à conclusão que se trata de um meteoro, que em contato com gases, e devido à alta velocidade, sofreu um atrito muito forte, se incendiou e se desintegrou na atmosfera. “Trata-se de um bólido, um corpo rochoso, um meteoro com grande intensidade de brilho e fragmentação do corpo”, diz. “É menos provável, mas também pode ter sido um satélite ou lixo espacial”. Um dos vídeos tem mais de 10 segundos de duração. Nele, o meteoro, registrado em Andradina, aparece já com uma espécie de cauda, resultado da fragmentação.

Mas, segundo Langhi, não se trata da passagem do cometa ISON, prevista para ocorrer no Brasil, a partir de final de outubro e início de novembro, quando poderá ser visto a olho nu por alguns dias. Segundo Langhi, o meteoro passou a uma distância máxima de 100 quilômetros da terra, enquanto o cometa estará a 9 milhões de quilômetros de distância e por isso, aparentemente, estará em menor velocidade.

Fenômeno parecido foi visto na Islândia
Um fenômeno parecido com o que foi registrado na noite de anteontem no noroeste paulista também foi observado na Islândia há três dias. Moradores teriam visto a enorme bola de fogo se aproximando e depois desaparecer no céu. Um morador de um pequeno vilarejo no país conseguiu filmar o momento em que a bola de fogo aparece.

Fontes:
http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/59282/Ceu+do+interior+e+invadido+por+’bola+de+fogo’
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,passagem-de-meteoro-e-registrada-no-interior-de-sp-e-intriga-moradores,1089243,0.htm
http://www.diarioweb.com.br/novoportal/Noticias/Cidades/157513,,Bola+de+fogo+cruza+o+ceu+de+Rio+Preto.aspx

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s