A Terra Já está Sendo Atingida por Detritos Associados ao Cometa ISON! NASA se Preparando?

De acordo com este vídeo compilação recém-lançado de  Jason A  e testemunho nesse vídeo do reverendo Michelle Hopkins no Hagmann e Hagmann Report, a Terra já está sendo atingida por detritos associados Comet ISON. Com ISON ainda para além do planeta Marte, é isso que nós temos que olhar para a frente nos próximos meses e é NASA ocupada se preparando para ISON como é argumentado no vídeo.

Veja o Vídeo Abaixo:

Como Saber Através do Código de Barras de Onde Veio o Produto!

ATENÇÃO! Cuidado com muitos alimentos e produtos vindos da China, é melhor ter a certeza que saiba ler o rótulo no supermercado e, especialmente, quando se tratar de produtos alimentícios.

Hoje, aparentemente, muitos produtos não possuem mais identificação de onde foram feitos, mas, somente onde o distribuidor está localizado.

Você pode diferenciar qual é feito em Taiwan ou na China? O mundo também está preocupado com OGM (Organismo Geneticamente Modificado) alimentos; animais alimentados com esteróides (ex: 45 dias de frangos de corte de idade).

É importante ler o código de barras para rastrear sua origem.

Se os três primeiros dígitos do código de barras são 690, 691 ou 692, o produto é fabricado na China, 471 é Made in Taiwan.

Se os primeiros dígitos do código de barras são 00-09, é feito ou de origem dos EUA.

Este é o nosso direito de saber, mas o governo e os respectivos departamentos nunca educam o público, por isso nós temos que instruir-nos a nós mesmos.

Hoje em dia, os empresários chineses sabem que os consumidores não preferem produtos “Made in China”, por isso eles não mostram mais em que país foi feito.

No entanto, você pode consultar o código de barras e saber.

Lembre-se os três primeiros dígitos são:

690, 691, 692 … MADE IN CHINA

00-09 ……………. EUA e Canadá
30-37 ……………. FRANÇA
40 – 44 …………. ALEMANHA
471 ……………….Taiwan
45 e 49 ……….. JAPÃO
489 ……………….HONG KONG
50 …………. Reino Unido
57 …………. DINAMARCA
59……………CIUMARA
64 …………. FINLÂNDIA
76 …………. SUÍÇA e LIENCHTENSTIEN
471 ……… . Taiwan
628 ………… ARÁBIA SAUDITA
629 ………… EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
740 e 745…..AMÉRICA CENTRAL

789 – BRASIL

890 …… Índia

 

Rato na Coca-Cola! Verdadeiro ou Falso?

O goiano Wilson Batista de Rezende luta desde o ano 2000 na justiça contra a Coca-Cola por ter ingerido um refrigerante contaminado e com restos de rato. Será que isso é verdade?

A notícia não é nova, mas reapareceu com força nas redes sociais após uma reportagem veiculada na Rede Record de TV no dia 12 de setembro de 2013. De acordo com várias matérias publicadas na web, o relojoeiro Wilson Batista de Rezende, de 46 anos de idade, estaria processando a fabricante da bebida Coca-Cola aqui no Brasil por dano moral, por ter ficado doente após ingerir um refrigerante contaminado.

Na reportagem que foi ao ar pela Rede Record, Wilson conta que, no ano de 2000, ao tomar um gole da Coca-Cola de uma das garrafas que ele havia acabado de comprar, imediatamente sentiu a boca e garganta queimando, obrigando-o a cuspir o resto do liquido que tinha na boca.

Consumidor teria encontrado uma cabeça de rato dentro de uma garrafa de Coca-Cola! (foto: Reprodução/Youtube)

Consumidor teria encontrado uma cabeça de rato dentro de uma garrafa de Coca-Cola! (foto: Reprodução/Youtube)

O goiano disse que daquele dia em dia em diante, nunca mais a sua saúde foi a mesma e mostrou que atualmente anda de bengala e usa um colete que, segundo ele, lhe ajuda no equilíbrio ao caminhar.

Além disso, a repórter também exibe uma das garrafas que o Sr. Wilson tem guardado até hoje, com um objeto estranho dentro, parecendo uma cabeça de rato.

Assista à reportagem abaixo que já ultrapassou a marca de 600 mil visualizações e veja o que descobrimos:

Verdadeiro ou falso?

Antes de prosseguir com a leitura desse nosso artigo, é preciso que entenda que não estamos do lado de nenhuma das partes envolvidas no caso. Apenas usamos a própria internet para tentar desmistificar as histórias que nela circulam e isso é o que o E-farsas sempre fez desde a sua criação (em 2002).

Voltando ao caso Sr. Wilson contra a Coca-Cola, o processo é real! Foi movido pelo goiano Wilson Batista de Rezende contra a Spal Indústria Brasileira de Bebidas S/a. por Dano Moral.

O processo pode ser consultado aqui! O requerente está pedindo a quantia de R$ 10.000,00.

Em contato com a fabricante do refrigerante por telefone, as informações que nos foram passadas são:

  1. A empresa tem ciência do processo e está aguardando a determinação da justiça;
  2. É impossível que uma cabeça de rato passe pelo encanamento que abastece as garrafas;
  3. A Coca-Cola cumpre com as exigências sanitárias determinadas pelos órgãos competentes;
  4. O consumidor que tiver dúvidas pode entrar em contato através do Fale Conosco;

Entendemos que a Coca-Cola, que é uma das maiores marcas do mundo e aqui no Brasil é representada pela Spal Indústria Brasileira de Bebidas S/a., já teria tomado alguma providência a respeito como, aliás, já fez em outros casos envolvendo produtos contaminados.

Por outro lado, podemos acompanhar o trabalho que o Sr. Wilson está tendo para fazer com que o seu processo ande mais depressa nas diversas publicações que andam fazendo sobre ele na web. No dia 6 de março de 2013, ele resolveu fazer uma greve de fome na Praça João Mendes (no centro velho de São Paulo) em protesto à demora no julgamento da sua indenização.

De acordo com a página de Wilson no Facebook, uma comissão dos Direitos Humanos chegou ao local, após dois dias de greve de fome, e o convenceu a parar com a greve, mediante um acordo não revelado. Wilson parece ter conseguido uma audiência para dar andamento no seu caso.

Algumas considerações:

Não tivemos acesso aos laudos periciais que o requerente afirma possuir. Também não falamos diretamente com ele (o E-farsas está aberto para o contato) para coletar mais informações a respeito do caso. No entanto, algumas dúvidas levantadas pelos internautas ainda merecem ser sanadas como, por exemplo:

  1. Se o refrigerante era mesmo ácido como o Sr. Wilson afirma, como e por que o liquido ainda não dissolveu a suposta cabeça de rato encontrada dentro da garrafa?
  2. O Sr. Wilson foi o único a comprar garrafas daquele lote? Outros consumidores não apresentaram problemas?
  3. O rato poderia ter entrado na garrafa antes do envase?
  4. Vários leitores afirmam que é muito fácil forjar uma garrafa com lacre intacto. A forma mais simples é inutilizar uma garrafa (deixando apenas a tampa intacta), tirar a tampa da outra garrafa e encher de “objetos estranhos” lá dentro e depois fechar a garrafa com a tampa intacta do vasilhame que foi destruído. Isso não quer dizer que o Sr. Wilson tenha feito isso, mas uma tampa com o lacre inviolado não significa muita coisa.
  5. No vídeo abaixo podemos ver como é fácil substituir o conteúdo de algumas garrafas, deixando o lacre das tampas intacto

Mais sobre a história de Wilson Batista de Rezende aqui!

O corante Caramelo IV

Em maio de 2012, o Center for Science in the Public Interest (CSPI – Centro para a Ciência a Favor do Interesse Público) realizou testes de análises químicas nos refrigerantes consumidos nos Estados Unidos e detectou a presença de altos níveis de 4-metilimidazol (4-MEI) em níveis bastante altos em duas marcas da bebida: A Pepsi e a Coca-Cola.

O 4-metilimidazol (4-MEI) é um produto usado para dar a cor caramelo aos refrigerantes e segundo estudos, o consumo exagerado da substância pode (ou não) causar câncer.

Nos Estados Unidos, as empresas se comprometeram a reduzir a quantidade do 4-MEI na fabricação dos refrigerantes. Aqui no Brasil, em nota ao Portal R7, a Coca-Cola informou que o uso do caramelo IV segue critérios definidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e que a quantidade utilizada (apesar de ser muito maior do que a usada nos EUA) não indica riscos à saúde.

Conclusão

O processo do Sr. Wilson Batista de Rezende existe mesmo e ele alega ter sido envenenado pelo refrigerante. Agora, temos que aguardar o final do julgamento e o desfecho dessa história.

[update: 18/09/2013, às 16:30]
Hoje, a Coca-Cola publicou uma nota em seu site e em seu perfil no Facebook se posicionando a respeito dessa notícia. 
O conteúdo do texto publicado pela empresa reforça o que nos foi passado por telefone:

“[…] que todos os produtos são seguros e os ingredientes utilizados são aprovados pelos órgãos regulatórios, em um histórico de 127 anos de compromisso e respeito com os consumidores.“.

Reprodução da nota publicada no perfil da Coca-Cola no Facebook!

Na nota, a Coca-Cola lamenta o estado de saúde do consumidor, mas afirma que o fato alegado não tem fundamento e “[…] é totalmente equivocada a associação entre o consumo do produto e o seu estado de saúde.“.
[/update]

[update 27/09/2013]
No dia 26 de setembro de 2013, a Coca-Cola publicou o vídeo abaixo no YouYube mostrando o processo de produção da bebida e, é claro, nem menciona a palavra “rato”. Apesar do vídeo ser institucional, fica mais evidente que a possibilidade da entrada de um rato em uma das garrafas durante a produção é nula!

Fonte: http://www.e-farsas.com/consumidor-encontra-cabeca-de-rato-em-garrafa-de-coca-cola.html

Centenas de Relatos Sobre Bola de Fogo no céu ontem, 28/09/2013!

AMS recebeu 847 relatos sobre esta bola de fogo vista sobre GA, IL, IN, KY, MD, MI, NC, NY, OH, ON, PA, TN, VA, WI e WV em 28 de setembro de 2013 em torno de 03:20 (UTC).
A imagem abaixo mostra apenas 200
comentários:
* Foi enorme, todo mundo com medo era tão brilhante, durou um tempo muito longo, Parecia que subiu do chão quase ao nosso lado.
* Gostei do que vi vários flashes de relâmpagos distantes, mas eu sabia que era uma noite clara.
* Uma faixa verde muito brilhante Acompanhado por um flash luminoso, com o que parecia ser uma pequena bola brilhante levando a raia. Durou 2 segundos.
Você pode relatar uma bola de fogo neste link (‘RELATÓRIO uma bola de fogo’ TOP MENU)
http://www.amsmeteors.org/fireball_event/2013/2132

Avistamentos de Bolas de fogo também no Brasil em 2013!

http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2013/06/internauta-registra-bola-de-fogo-cruzando-ceu-de-maria-da-fe-mg.html

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/06/bola-de-fogo-no-ceu-chama-atencao-de-moradores-do-rio-e-de-sao-paulo.html

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/bola-de-fogo-cruza-ceu-do-rio-de-janeiro/2643442/

Arqueólogo e Explorador que Encontrou os Destroços do Titanic Afirma ter Encontrado Provas do Dilúvio!

Robert Ballard e sua equipe estão investigando o fundo do Mar Negro. Robert Ballard é um dos exploradores subaquáticos mais famosos do mundo. Foi ele o arqueólogo que descobriu onde estavam os destroços do naufrágio do Titanic, em 1985. Também encontrou no fundo mar do navio de guerra Bismarck, e uma frota dos EUA naufragada perto de Guadalcanal, no Pacífico.
Agora, ele está usando sua equipe e a mais avançada tecnologia robótica para provar a existência de uma das histórias mais conhecidas da Bíblia: o Dilúvio. Em uma entrevista para a rede ABC ele apresentou os resultados de sua pesquisa na Turquia que mostraria evidências de uma civilização varrida da face da Terra por uma enchente monstruosa.
“Nós fomos lá para procurar o Dilúvio”, disse Ballard. “Não apenas um movimento lento, e gradativo de avanço do nível do mar, mas um dilúvio realmente grande… A terra que foi soterrada permaneceu embaixo do mar”. Muitos afirmaram ter descoberto evidências da Arca de Noé, o enorme navio que Noé encheu,  segundo o relato bíblico, com diversos casais de animais, visando repovoar o planeta.
Na década de 1990, os geólogos William Ryan e Walter Pitman reuniram evidências científicas de que uma inundação enorme ocorreu na região do Oriente Médio, cerca de 7.500 anos atrás. Sua teoria, segundo os relatórios, é que uma elevação sem precedentes do que hoje é o mar Mediterrâneo, empurrou uma porção de terra através do Bósforo, submergindo a costa original do Mar Negro. Esse dilúvio antigo teria coberto uma área de mais 35.000 quilômetros quadrados.
Ballard afirma ter investigado esta teoria por mais de uma década. Segundo os relatórios da National Geographic, a primeira descoberta de evidências da costa submersa surgiram em 1999. Embora Ballard ainda não estivesse convencido de que se tratava do dilúvio bíblico, no ano passado mudou de opinião. Sua equipe encontrou no fundo do Mar Negro pilhas de cerâmica antiga, uma embarcação e um dos membros da tripulação.Também há vestígios do que ele acredita ser um antigo porto, mãos de 150 metros abaixo da superfície. “Isso é um naufrágio perfeitamente preservado. Dá para ver toda a madeira antiga, parece um depósito de madeira”, disse ele. “Mas se você olhar de perto, poderá ver um fêmur e um molar.” E acrescenta:  ”O mais antigo naufrágio descoberto até agora naquela área data de cerca de 500 a.C.”.
Agora, usando tecnologia avançada ele tenta descobrir o que ocorreu no planeta cerca de 12.000 anos atrás, uma época em grande parte da Terra estava coberta de gelo. Quando esse gelo começou a derreter, grandes inundações poderiam ter atingido várias partes do globo, submergindo tudo que estivesse em seu caminho.
Usando o método de datação de carbono em objetos recolhidos na expedição, Ballard disse acreditar que esse evento catastrófico aconteceu em torno do ano 5.000 aC. Alguns especialistas acreditam que este foi aproximadamente nesse período que ocorreu o dilúvio de Noé.
O pesquisador disse estar ciente de que nem todos concordam com suas conclusões sobre o período e o tamanho do dilúvio, mas está confiante que em breve encontrará algo do período bíblico. “Começamos a encontrar estruturas que pareciam feitas pelo homem”, disse Ballard. “É nisso que estamos focando nossa atenção agora.” Os restos do naufrágio estão bem preservados porque o Mar Negro quase não tem oxigênio, o que retarda o processo de decomposição. Para Ballard “o fundo do mar é o maior museu da Terra”.
Ele não tem expectativas de encontrar a Arca de Noé, mas acredita que pode encontrar evidências de um povo que vivia ali quando o mundo foi inundado, cerca de 7.000 anos atrás. Com muita confiança de que poderá encontrar as provas que procura, Ballard planeja voltar para a Turquia no próximo ano. Suas descobertas serão apresentadas em um programa especial que vai ao ar em dezembro nos Estados Unidos. Com informações de Huffington Post e ABC News.
 

10 Empresas Controlam 85% dos Alimentos no Mundo!

Por José Coutinho Júnior

O sociólogo suíço Jean Ziegler, ex-relator especial para o Direito à Alimentação da Nações Unidas (ONU), denunciou que a fome é um dos principais problemas da humanidade, em debate realizado na última segunda-feira em São Paulo. 

“O direito à alimentação é o direito fundamental mais brutalmente violado. A fome é o que mais mata no planeta. A cada ano, 70 milhões de pessoas morrem. Destas, 18 milhões morrem de fome. A cada 5 segundos, uma criança no mundo morre de fome”, disse Ziegler.

Na década de 1950, 60 milhões de pessoas passavam fome. Atualmente, mais de um bilhão. “O planeta nas condições atuais poderia alimentar 12 bilhões de pessoas, de acordo com estudo da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Não há escassez de alimentos. O problema da fome é o acesso à alimentação. Portanto, quando uma criança morre de fome ela é assassinada”.

Ziegler afirma que é a primeira vez que a humanidade tem condições efetivas de atender às necessidades básicas de todos. Depois do fim da Guerra Fria, mais especificamente em 1991, a produção capitalista aumentou muito, chegando a dobrar em 2002. Ao mesmo tempo, essa produção seguiu um processo de monopolização das riquezas. Hoje, 52,8% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial está nas mãos de empresas multinacionais.

A concentração da riqueza nas mãos de algumas empresas faz com que os capitalistas  tenham uma grande força política. “O poder político dessas empresas foge ao controle social. 85% dos alimentos de base negociados no mundo são controlados por 10 empresas. Elas decidem cada dia quem vai morrer de fome e quem vai comer”, diz Ziegler. 

O sociólogo relatou que essas empresas seguem blindadas pela tese neoliberal de que o mercado não deve ser regulado pelo Estado. 

“Na Guatemala, 63% da terra está concentrada em 1,6% dos produtores. A primeira reivindicação que fiz, após a missão, foi a realização da Reforma Agrária no país. Fui rechaçado, pois uma intervenção no mercado não é possível. Não havia sequer um cadastro de terras lá: quando os latifundiários querem aumentar suas terras, mandam pistoleiros atacar a população maia que vive ao redor”. 

Especulação

A especulação financeira dos alimentos nas bolsas de valores é um dos principais fatores para o crescimento dos preços da cesta básica nos últimos dois anos, dificultando o acesso aos alimentos e causando a fome. De acordo com o Banco Mundial, 1,2 bilhão de pessoas encontram-se em extrema pobreza hoje, vivendo com menos de um dólar por dia. 

“Quando o preço do alimento explode, essas pessoas não podem comprar. Apesar da especulação ser algo legal, permitido pela lei, isso é um crime. Os especuladores deveriam ser julgados num tribunal internacional por crime contra a humanidade”, denuncia Ziegler.

A política de agrocombustíveis, que, além de utilizar terras que poderiam produzir comida, transforma alimentos em combustível, é mais um agravante. “É inadmissível usar terras para fazer combustível em vez de alimentos em um mundo onde a cada cinco segundo uma pessoa morre de fome”. 



Política da fome

Ziegler afirma que não se pode naturalizar a fome, que é uma produção humana, criada pela sociedade desigual no capitalismo. Prova disso são as diversas políticas agrícolas praticadas tanto por empresas e subsidiadas por instituições nacionais e internacionais.

O dumping agrícola consiste em subsidiar alimentos importados em detrimento dos alimentos produzidos internamente. De acordo com Ziegler, os mercados africanos podem comprar alimentos vindos da Europa a 1/3 do preço dos produtos africanos. Os camponeses africanos, dessa forma, não conseguem produzir para se sustentar. 

Ziegler denunciou o “roubo de terras”, que é o aluguel ou compra de terras em um país por fundos privados e bancos internacionais, que ocorreu com mais de 202 mil hectares de áreas férteis na África, com crédito do Banco Mundial e de instituições financeiras da África. 

Os camponeses, por conta desse processo, são expulsos das terras para favelas. Esse processo tem se intensificado uma vez que os preços dos alimentos aumentam com a especulação imobiliária. 

O Banco Mundial justifica o roubo de terras com o argumento de que a produtividade do camponês africano é baixa até mesmo em um ano normal, com poucos problemas (o que raramente acontece). 

Um hectare gera no máximo 600 kg por ano, enquanto que na Inglaterra ou Canadá, um hectare gera uma tonelada. Para o Banco Mundial, é mais razoável dar essa terra a uma multinacional capaz de investir capital e tecnologia e tirar o camponês de lá.

“Essa não é a solução. É preciso dar os meios de produção ao camponês africano. A irrigação é pouca, não há adubo animal ou mineral nem crédito agrícola, e a dívida externa dos países impedem que eles invistam na agricultura”, defende Ziegler.

Soluções

Segundo Ziegler, a única forma de mudar as políticas que perpetuam a fome é por meio da mobilização e pressão popular. 

“Temos que pressionar deputados e políticos para mudar a lei, impedindo que a especulação de alimentos continue. Devemos exigir dos ministros de finanças na assembleia do Fundo Monetário Internacional que votem pelo fim das dívidas externas. Temos que nos mobilizar para impedir o uso de agrocombustíveis e acabar com o dumping agrícola”. 

Ziegler afirma que a luta contra a fome é urgente, pois quem se encontra nessas condições não pode esperar. “Essa mobilização coletiva pode pressionar democraticamente e massivamente, por medidas que acabem com a fome. A consciência solidária deve movimentar a sociedade civil. A única coisa que nos separa das vítimas da fome é que elas tiveram o azar de nascer onde se passa fome”.

O ex-relator especial para o Direito à Alimentação da Nações Unidas (ONU) veio ao Brasil lançar o livro “Destruição em Massa – Geopolítica da Fome” (Editora Cortez) e participar da 6ª edição do Seminário Anual de Serviço Social, que aconteceu no Teatro da Universidade Católica (TUCA).

URGENTE! Incêndio químico: Cidades de Santa Catarina são EVACUADAS AGORA! Ciclone pode espalhar fumaça para Paraná, São Paulo e Rio. SC também é local de EXERCÍCIOS MILITARES!

Pessoas deixam suas casas em São Francisco do Sul por causa de fumaça  Reprodução/Youtube

Seria isso alguma sabotagem? Uma falsa bandeira?

Material que explodiu em São Francisco do Sul – Santa Catarina possui nitrato de amônio, diofosfato de amônio e cloreto de potássio, que são produtos tóxicos e nocivos à saúde, através da inalação e absorção com a pele!

Incêndio em SC: Governador decreta estado de emergência
http://www.noticiasbr.com.br/incendio-em-sc-governador-decreta-estado-de-emergencia-121702.html

SANTA CATARINA ESTÁ SENDO LOCAL PARA EXERCÍCIOS MILITARES!
Justamente hoje!

O Exército e outros órgãos de defesa de Florianópolis começaram a se mobilizar nesta quarta-feira para uma simulação que acontece na quinta enquadrada na Operação Laçador, que iniciou dia 16 de setembro e vai até o dia 27 de outubro, com inúmeras atividades nos três Estados do Sul. Os militares estão nas ruas da Capital para fazer reconhecimento de campo.

A partir das 8h da quinta-feira, o Exército estará reunido na Base Aérea para a recepção do fictício vice-presidente do país, que virá analisar as condições de Santa Catarina, território de retaguarda de uma guerra que ocorre entre dois países no Rio Grande do Sul.

http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2013/09/florianopolis-recebe-simulacao-do-exercito-brasileiro-nesta-quinta-feira-4280705.html

Tudo isso muito estranho…
Vamos ficar alertas!

Fonte: http://www.libertar.in/2013/09/urgente-incendio-quimico-cidades-de.html#ixzz2g2Ai6VFs