A Espantosa Lista de Cientistas Mortos Misteriosamente!

[Imagem: hibrido.jpg]

Uma longa lista de proeminentes cientistas que morreram em circunstâncias suspeitas nos últimos anos, nos deixa com uma assustadora e desagradável sensação de que o mundo se tornou um lugar muitíssimo perigoso para os estudiosos que resolverem dedicar suas vidas às pesquisas, e em praticamente todos os campos da ciência, a fim de tornar as nossas vidas melhores. A lista começa com a morte mais recente, da médica Melissa Ketunuti, em janeiro de 2013, que dedicava todo o seu tempo à estudar crianças com câncer. E depois a lista prossegue, em ordem decrescente, para as mortes ocorridas nos anos anteriores.Além de considerar a publicação e divulgação dessa lista uma homenagem póstuma, e muito justa, à estes dedicados cientistas, acho que, com base na observação do teor de suas pesquisas (muitas ainda em curso), teremos um pequeno vislumbre do que, e em que, muito provavelmente a ciência pode ter avançado nos últimos anos, e no quanto dessas informações agora ficaram totalmente fora do alcance da humanidade.É muito triste observar que, provavelmente as mesmas pessoas que tiraram estas inúmeras vidas, daqui pra frente irão se beneficiar da manipulação dessas descobertas, desses extensos e dedicados estudos para praticar um comércio insano, motivados apenas pela ganância, a fim de lucrar com o sofrimento humano, fabricando doenças e depois vendendo a cura para as mesmas.Esta primeira parte da lista se encerra com o terrível episódio em que uma Neurobióloga, Amy Bishop, de 45 anos, atira em seis cientistas e assassina três, em 13 de fevereiro de 2010, aparentemente por causa de uma promoção que ela desejava e que lhe foi negada.

Morreram em 2012

º 119
[Imagem: ketunuti.jpg]

Melissa Ketunuti, – morreu em Janeiro de 2013 – Os bombeiros encontraram o corpo carbonizado da pediatra assassinada. Ela foi amarrada, estrangulada e seu corpo incendiado em seu porão.

A Dra. Kentunuti trabalhou no Hospital Infantil da Filadélfia e dedicou toda a sua vida como médica a ajudar as crianças com câncer. De acordo com o Philadelphia Inquirer, ela obteve um doutorado em medicina pela Universidade de Stanford e tinha inicialmente considerado a trabalhar como cirurgiã internacional.

Ela trabalhou em uma pesquisa sobre a AIDS em Botswana através do National Institutes of Health. Ela também completou estágios no Johns Hopkins Hospital e na Universidade de Nova York.

Leia mais: http://www.dailymail.co.uk/news/article-…z2Ijyy1Y00

º 118
[Imagem: 120530.Richard.Crowe-1.jpg]

Professor Dr. Richard Crowe, de 60 anos, morreu 27 de maio em um acidente de off-road no Arizona. Dr. Crowe trabalhou na UH Hilo( University of Hawaii at Hilo) há 25 anos e ajudou a lançar programa de astronomia de graduação da Universidade. São numerosas as suas publicações e obras de co-autoria, tendo contribuído significativamente para o corpo de literatura astronômicas. Ele treinava regularmente os estudantes observadores da UHH no telescópio UH de 24 polegadas em Mauna Kea, e conduziu muitos programas de pesquisa com esse telescópio. Em 2005, ele ganhou o Prêmio de Excelência em Ensino AstroDay por seus esforços. Em 1991, Dr. Crowe foi selecionado como um Fujio Matsuda Research Fellow pelo seu trabalho acadêmico sobre estrelas variáveis ​​pulsantes. Crowe também foi muito ativo na comunidade. Ele era um antigo membro do Rotary Club de Hilo Bay.

º 117
[Imagem: article-2087925-0F835EAE00000578-854_306x423.jpg]
Gelareh Bagherzadeh de

Morreu em 16 de janeiro de 2012, com tiro na cabeça.

Segundo a polícia, alguém caminhou para o lado do passageiro de seu carro e atirou à queima-roupa. Bagherzadeh era uma estudante de tecnologia genética molecular no MD Anderson Câncer Center, em Houston. Ela também era ativa na promoção dos direitos das mulheres iranianas, disse o porta-voz da polícia Victor Senties.

Morreram em 2011:

º 116
[Imagem: 120210.James_.S.MIller.jpg]

James S. Miller, de 58 anos, morreu em 9 de outubro, ao ser atacado durante uma invasão de domicílio. Professor James Steven Miller foi para a faculdade de Goshen, em 1980, para ensinar, no mesmo ano em que concluiu seu doutorado em bioquímica médica na Universidade Estadual de Ohio. Ele recebeu seu diploma de graduação em química, em 1975, pela universidade de Bluffton (Ohio). O Colégio concedeu ao Professor Miller um mandato no Conselho de Administração Goshen, em junho de 1985. Ele primeiramente ministrou cursos de nível superior a estudantes de enfermagem, relacionadas com a saúde de pré-médicos e outros.

º 115
[Imagem: 110727.Warfield.225.jpg]

Zachary Greene Warfield, de 35 anos, morreu em 4 de julho, em um acidente de barco no rio Potomac. Zack era um co-fundador e membro do Conselho de Administração para Omnis, Inc., na McLean, em Virgínia, uma empresa de consultoria estratégica para a inteligência, defesa e comunidades de segurança nacional. Ele liderou importantes iniciativas de pesquisa e, além de ajudar a dirigir a empresa, estava diretamente envolvido em vários projetos, incluindo a formação analítica e consultoria em tecnologia. Antes de fundar a Omnis, Zack foi um engenheiro da indústria privada e um analista para o Governo dos EUA. Como analista em ciência e tecnologia, ele avaliou sistemas de mísseis e do espaço, conseguiu contratos técnicos, e investigou o programa de armas iraquianas de destruição maciça (ADM), como um membro do Grupo de Estudo do Iraque, servindo em Bagdá, em duas ocasiões distintas.

Como engenheiro, trabalhou em projetos aeroespaciais para a National Aeronautics and Space Administration (NASA), a Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA), e na indústria privada. Mais notavelmente, Zack havia projetado sistemas críticos de orientação que garantiram um pouso bem-sucedido para os Mars Exploration Rovers, Spirit e Opportunity, o seu nome está inscrito em um dos rovers, e permanece em Marte hoje.

# 114
[Imagem: 110722.Jon_.Widom_1.jpg]

Jonathan Widom, 55 anos, morreu em 18 de julho de um aparente ataque cardíaco. Ele era um professor de Biociências Moleculares na Faculdade Weinberg, e de Artes e Ciências da Universidade de Northwestern. Widom estava focado em como o ADN é empacotado em cromossomos – e a localização de nucleossomos especificamente. Colegas afirmaram que o trabalho teve profundas implicações em como os genes são capazes de serem lidos na célula e, como as mutações fora das regiões que codificam para proteínas pode levar a erros ou doença.

# 112-113
Fanjun Meng, 29, e Chunyang Zhang, 26 anos, morreram afogados em uma piscina do hotel Branson. Ambos eram da China e trabalhando no laboratório de Anatomia Patológica da Universidade de Missouri-Columbia. Meng foi professor visitante e sua esposa, Zhang, era uma especialista em pesquisa, de acordo com informações no site da universidade. Meng estava trabalhando em pesquisa observando uma possível ligação entre pesticidas e a doença de Parkinson. A policia disse que a investigação sobre a causa dos afogamentos está em curso, mas também havia dito anteriormente que não havia nenhum sinal de crime.

# 108-112
Andrei Tropinov, Sergei Rizhov, Gennadi Benyok, Nicolai Tronov e Valery Lyalin, morreram em um acidente de avião russo. Os cinco cientistas foram empregados da fábrica Hydropress, membros da corporação nuclear estatal da Rússia, e tinham ajudado no desenvolvimento da planta do sistema nuclear iraniano. Eles ajudaram a concluir a construção da usina nuclear de Theyworked e de Bushehr . Oficialmente, investigadores russos dizem que um erro humano e uma falha técnica causou o acidente mortal, que matou 45 e deixou oito passageiros sobreviventes.

º 107
Rodger Lynn Dickey, 56, faleceu em um aparente suicídio, ao pular da Ponte Gorge, em 18 de março. Dickey foi um engenheiro nuclear sênior com mais de 30 anos de experiência no apoio à concepção, construção, start-up e operação de instalações nucleares comerciais e governamentais. Tinha experiência na avaliação de segurança nuclear programática, em conformidade regulamentar, na avaliação de risco, em análise de segurança, documentação e base de segurança. Ele completou as tarefas do projeto no projeto de engenharia nuclear e aplicação, gestão dos resíduos nucleares, gerenciamento de projetos e gestão de riscos. Sua experiência de suporte técnico incluído licenciamento para instalações nucleares, protecção contra as radiações, saúde e avaliação de programas de segurança, avaliação de prontidão operacional e engenharia de sistemas.

º 106
[Imagem: 110221.Gregory.Stone_-1.jpg]

Gregory Stone, morreu aos 54 anos, de uma doença desconhecida em 17 de fevereiro. Stone, que foi citado extensivamente em muitas publicações internacionais depois do vazamento de óleo da BP no ano passado, foi o diretor do renomado Sistema de Informação Wave-Corrente. Stone rapidamente se estabeleceu como um cientista costeiro respeitado internacionalmente, produziu pesquisa de ponta que atraiu milhões de dólares de apoio à pesquisa para LSU. Como parte de sua pesquisa, ele e o Grupo de Suporte de Campo CSI, desenvolveram uma série de estações instrumentadas offshore para monitorar vento, ondas e correntes que têm impacto sobre a costa da Louisiana. O sistema é usado por muitos pescadores e cientistas para monitorar vento, ondas e correntes ao largo da costa da Louisiana. Stone foi um grande pesquisador, professor, mentor e pai de família.

º 105
[Imagem: 110214.BradleyC.Livezey.jpg]

Bradley C. Livezey, de 56 anos, morreu em um acidente de carro em 08 de fevereiro. Livezey sabia quase tudo sobre o canto dos pássaros e foi considerado o top anatomista. Livezey era curador do Museu Carnegie de História Natural e nunca desistiu de investigar mistérios não resolvidos de 20.000 ou mais espécies de aves do mundo. Era curador em Carnegie desde 1993, e supervisionou uma coleção de cerca de 195 mil espécimes de aves, a nona maior do país. Livezey morreu em um acidente com dois carros na Rota 910, disseram as autoridades. No entanto, uma autópsia revelou que ele morreu de ferimentos na cabeça e no tronco, de acordo com o Gabinete Allegheny County Medical Examiner. A Polícia Regional Norte está investigando.

º 104
[Imagem: 110117.mohammadi2.jpg]

Dr. Massoud Ali Mohammadi, 50, foi assassinado 11 de janeiro, quando uma bomba de controle remoto dentro de seu carro foi detonada por uma motocicleta próxima. Este professor de física nuclear da Universidade de Teerã era politicamente ativo e seu nome estava em uma lista de funcionários da Universidade de Teerã que apoiaram Mir Hossein Mousavi acordo com a Newsweek. O The London Times relata que o Dr. Ali-Mohammadi falava aos seus alunos contra as eleições injustas. Ele afirmou: “Nós temos que resistir a este lote. Não tenha medo de uma bala. Só dói no começo. “O Irã parece estar assassinar sistematicamente os professores de alto nível e os médicos que falam contra o regime do presidente Ahmadinejad. No entanto, o Irã proclama que Israel e os EUA usaram o “assassinato como meio de frustrar o programa nuclear do país” por Newsweek.

Morreram em 2010

º 103
[Imagem: 110105.John_.P.Wheeler.III_.jpg]

John (Jack) P. Wheeler III, 66 anos. Foi visto pela última vez em 30 de dezembro e encontrado morto em um aterro sanitário de Delaware. Ele lutou para obter a construção do Memorial do Vietnã e serviu nas duas administrações de Bush. Sua morte foi considerada homicídio pela polícia em Newark, Del. Wheeler se graduou West Point em 1966, tinha uma licenciatura em Direito pela Universidade de Yale e era graduado em negócio em Harvard. Sua carreira militar incluía ter servido no gabinete do Secretário de Defesa e de ter escrito um manual sobre a eficácia das armas químicas e biológicas, onde recomendava que os Estados Unidos não usasse armas biológicas.

º 102
[Imagem: 110203.Mark_.A.Smith_.jpg]

Mark A. Smith, de 45 anos. Renomado pesquisador da doença de Alzheimer, morreu em 15 de novembro após ser atropelado por um carro em Ohio. Smith era um professor de patologia na Case Western Reserve University e diretor de pesquisa científica básica em memória e centro de cognição da universidade. Ele também foi diretor executivo da American Aging Association e co-editor-chefe do Jornal da Doença de Alzheimer. Ele é listado como o No. 3 “mais prolífico”, o pesquisador da doença de Alzheimer, com 405 trabalhos escritos, pela revista médica internacional.

º 101
[Imagem: 101117.Chitra.Chauhan.jpg]

Chitra Chauhan, 33. Morreu em 15 de novembro. Segundo a polícia, ela foi encontrada morta em um aparente suicídio com cianeto, em um hotel de Temple Terrace. Chauhan deixou uma nota de suicídio dizendo que ela usou cianureto. Funcionários da equipe Hazmat disseram que o cianeto foi encontrado apenas na forma granular, ou seja, não foi considerado perigoso. A química é considerada mais perigosa em uma forma de gás ou líquido. Cianeto de potássio, a causa aparente da morte, é um produto químico utilizado pelas universidades no ensino de química e realização de pesquisas, mas não era utilizado nos projetos de pesquisa que ela estava trabalhando. Chauhan, uma bióloga molecular, foi uma pesquisadora de pós-doutorado no Departamento de Saúde Global da Faculdade de Saúde Pública. Ela obteve seu doutorado no Instituto de Biologia Genômica e Integrativa, em Nova Delhi, Índia, em 2005, em seguida, foi estudar mosquitos e a transmissão de doenças na Universidade de Notre Dame.

º 100
[Imagem: 100715.Franco.Cerrina.jpg]

Franco Cerrina, de 62 anos, foi encontrado morto numa segunda-feira, de manhã, em 12 de julho num laboratório no Centro de Fotônica do BU. A causa da morte ainda não é conhecida, mas descartaram a possibilidade de homicídio. Cerrina ingressou na faculdade de BU em 2008, depois de passar 24 anos no corpo docente da Universidade de Wisconsin-Madison. Ele co-fundou cinco empresas, incluindo NimbleGen Systems, Assembléias Genéticos (se fundiu com Codon Devices em 2006) do códon Dispositivos, Biolitho e Gen9, de acordo com Nanowerk News. NimbleGen, fornecedora de tecnologia de DNA microarrays Madison, baseada em WI, foi vendida para a Basiléia, para a Switzerland-based Roche, em 2007 por 272,5 milhões dólares. Cerrina, presidente do departamento de engenharia elétrica e informática, veio a BU, há dois anos na Universidade de Wisconsin em Madison como um estudioso líder em óptica, litografia, e nanotecnologia, de acordo com sua biografia no site da universidade. O estudioso foi responsável pela criação de um novo laboratório no Photonics Center.

º 99
Vajinder Toor, 34. Morreu em 26 de abril, foi baleado do lado de fora de sua casa em Branford, Connecticut. Vajinder Toor trabalhou na Kingsbrook Jewish Medical Center, em Nova York antes de se juntar Yale.

º 98
[Imagem: 100412.Morrissey.jpg]

Joseph Morrissey, de 46 anos. Morreu em 06 de abril, vítima de uma invasão de domicílio. Embora a causa da morte tenha sido identificada pela primeira vez como um projétil de arma de fogo, a autópsia revelou que o professor morreu de uma facada. Morrissey se juntou NSU maio 2009 como professor associado e ensinou uma aula eletiva em immunopharmacology na Faculdade de Farmácia.

º 97
[Imagem: 100212.Maria_.Ragland.Davis_.jpg]

Maria Ragland Davis, de 52 anos. Morreu em 13 de fevereiro, na mão do neurobiólogo Amy Bishop. Sua formação foi em engenharia química e bioquímica, e se especializou em fitopatologia e aplicações biotecnológicas. Ela tinha um doutorado em bioquímica e tinha trabalhado como pesquisadora pós-doutorado na empresa Monsanto em St. Louis. Ela foi contratada pela Universidade de Alabama depois de uma temporada de sete anos como cientista sênior do departamento de ciência-planta Research Genetics Inc. (mais tarde Invitrogen), também em Huntsville.

º 96
[Imagem: 100212.Gopi_.K.Podila.jpg]

Gopi K. Podila, 54. Morreu em 13 de fevereiro, na mão do neurobiólogo Amy Bishop, índio americano biólogo, notório acadêmico e membro do corpo docente da Universidade de Alabama em Huntsville. Ele listou seus interesses de investigação como engenharia biomassa de árvores para bioenergia, genômica funcional de interações planta-micróbio, biologia molecular de plantas e biotecnologia. Em particular, Padila estudou genes que regulam o crescimento de árvores de crescimento rápido, especialmente choupo e do álamo. Ele defendeu o uso potencial de árvores e gramíneas, como uma alternativa às fontes de milho para produção de etanol em rápido crescimento.

º 95
[Imagem: 100212.Adriel.D.Johnson.jpg]

Adriel D. Johnson Sr. 52. Morreu em 13 de fevereiro, na mão do neurobiólogo Amy Bishop. Sua pesquisa envolveu aspectos da fisiologia gastrointestinal especificamente a função pancreática em animais vertebrados.

# 95-97
[Imagem: 100212.Amy_Bishop.jpg]

Neurobióloga Amy Bishop, de 45 anos, assassinou três colegas cientistas em 13 de fevereiro. Os professores de biologia mortos são: GK Podila, presidente do departamento, um nativo da Índia, Maria Ragland Davis e Adriel Johnson Sr. D.

Informações adicionais sobre essa cientista:
Amy Bishop
KENNETH MAXWELL

Morte no campus

FOI UMA NOTÍCIA lúgubre. Na sexta-feira, uma reunião de professores do Departamento de Biologia da Universidade do Alabama em Huntsville subitamente se tornou muito sangrenta.

Amy Bishop, uma professora cuja promoção ao posto de titular havia sido recusada, o que na prática significa que ela não contava com emprego garantido e que, portanto, estava em seu ano final de trabalho na instituição, apanhou uma arma e supostamente atirou contra seis de seus colegas, causando a morte de três deles.

O jornal “The Chronicle of Higher Education”, que acompanhou a situação de perto, reportou nesta terça-feira um relato em primeira pessoa do acontecido, por Debra Moriarty, professora de bioquímica cujo laboratório fica ao lado do de Bishop.
Os professores estavam havia quase uma hora concentrados em assuntos do departamento quando Bishop sacou a arma e atirou na cabeça de Gopi Podila, o chefe do departamento. Bishop, em seguida, “seguiu a ordem em que as pessoas estavam sentadas” e atirou nos professores Adriel Johnson e Maria Ragland Davis, bem como em Stephanie Monticcioli, a administradora do departamento. Depois disparou contra o professor Joseph Leahy, também na cabeça.

Outro professor, Luis Rogelio Cruz-Vera, recebeu um tiro no peito.
Bishop apontou a arma contra a professora Moriarty e apertou o gatilho por duas vezes, mas sem sucesso. Moriarty conseguiu fechar a porta e, com a ajuda de outros sobreviventes, encostou uma mesa a ela para barrá-la. Os professores Podila, Johnson e Davis morreram.

Stephanie Monticcioli e o professor Leahy continuam internados, em condição crítica.

Mas a história de Amy Bishop imediatamente mostrou-se ainda mais complicada. O jornal “Boston Globe” reportou no final de semana que Bishop, 44, mãe de três filhos, natural de Braintree, Massachusetts, havia matado o irmão com um tiro em 1986. O caso foi arquivado na época como acidente.

Ela se formou na Universidade Northwestern e fez seu doutorado em genética pela Universidade Harvard.
O “Boston Globe” também informou que Bishop e seu marido, James Anderson, a quem ela conheceu na Northwestern, estavam envolvidos como suspeitos em um caso federal de 1993 sobre uma carta-bomba enviada a Paul Rosenberg, então professor assistente de neurologia em Harvard.
Anderson disse ao “Chronicle” que sua mulher não desejava ter o destino que teve outro cientista da universidade, que “perdeu a promoção para professor titular e agora ganha a vida dirigindo um ônibus no aeroporto”. http://dedeabel.zip.net/ – 18/02/2010.

[Imagem: holograma-starwars.png]

Morreram em 2009:

º 94
[Imagem: 091116.Keith_.Fagnou.jpg]

Keith Fagnou, . Morreu em 11 de novembro de H1N1, aos 38 anos. Sua pesquisa estava focada em melhorar a preparação de moléculas complexas para petroquímica, usos farmacêuticos ou industrial. O avançado pensamento de Keith, out-of-the-box, derrubou idéias prévias do que é possível no campo da química.

# 93
[Imagem: 091021.Stephen.Lagakos.jpg]

Stephen Lagakos, 63 anos. Morreu em 12 de outubro em uma colisão de carros, sua esposa, Regina, de 61 anos, e sua mãe, Helen, de 94, também morreram no acidente, assim como o motorista do outro carro, Stephen Krause, 52 anos, de Keene, NH.
Lagakos centrou sua esforços em várias frentes na luta contra a AIDS, particularmente em como e quando mulheres infectadas pelo HIV transmitiram o vírus aos seus filhos. Além disso, desenvolveu métodos sofisticados para melhorar a precisão das taxas estimadas de incidência do HIV. Ele também contribuiu para ampliar o acesso aos medicamentos anti-retrovirais para pessoas em países em desenvolvimento.

# 92
[Imagem: 090921.Malcolm.Casadaban.jpg]

Malcolm Casadaban, 60 anos. Morreu em 13 de setembro de praga. Casadaban, geneticista molecular de renome, com grande paixão pela nova pesquisa, estava trabalhado para desenvolver uma vacina ainda mais forte para a praga. O centro médico diz que a bactéria da peste com a qual ele trabalhou, era uma cepa enfraquecida que não é conhecida por causar a doença em adultos saudáveis. A cepa tinha sido aprovada pelo Centers for Disease Control and Prevention para estudos laboratoriais.

# 91
[Imagem: Wallace.Pannier1.jpg]

Wallace L. Alforje. Morreu em 06 de agosto de insuficiência respiratória e outras causas naturais, aos 81 anos. Alforje, um cientista da guerra bacteriológica, cujo top-secret projetos incluíram um ataque simulado no metrô de Nova York com bactérias em pó em 1966. Mr. Alforje trabalhou em Fort Detrick, uma instalação do Exército dos EUA em Frederick, que testou armas biológicas durante a Guerra Fria e que agora se tornou um centro de pesquisa de biodefesa. Ele trabalhou na Divisão de Operações Especiais, uma unidade secreta que operou lá de 1949-1969, de acordo com os membros da família e relatórios publicados. A unidade desenvolveu e testou sistemas de distribuição para os agentes mortíferos como o antraz e a varíola.

º 90
[Imagem: 090618.August.M.Watanabe1.jpg]

August “GUS” Watanabe. Foi encontrado morto do lado de fora de uma cabine no Condado de Brown, em 9 de junho, tinha 67 anos. Amigos descobriram junto ao corpo um revolver calibre 38 e uma nota de três páginas. Eles disseram que ele estava muito deprimido após a morte, no mês anterior, de sua filha Nan Reiko Watanabe Lewis. Ela morreu aos 44 anos, enquanto se recuperava de uma cirurgia eletiva(Cirurgia eletiva é a cirurgia de emergência que não é planejada, permitindo que o paciente e médico para determinar a melhor hora e lugar para ela). Watanabe era um dos cinco funcionários mais bem pagos da farmacêutica Eli Lilly and Co, de Indianápolis., quando ele se aposentou em 2003.

º 89
[Imagem: 090605.Caroline.Coffey-1.jpg]
Caroline Coffey, de 28 anos. Morreu em 03 de junho, devido a cortes repetidos em sua garganta. Os passantes encontraram o corpo ao longo da trilha arborizada do parque, do lado de fora da Cornell University, em Ithaca, NY, onde a escola Ivy League de pós-doutoramento em bio-medicina está localizada. Seu marido foi hospitalizado sob guarda depois de sofrer uma perseguição policial e seu apartamento estar em chamas.

º 88
[Imagem: 090928.Nasser.Ordoubadi.jpg]
Nasser Talebzadeh Ordoubadi, 53 anos. Morreu em 14 de fevereiro de causas “suspeitas”. Dr. Noé (ex-Nasser Talebzadeh Ordoubadi) é descrito em sua biografia americana como um pioneiro da medicina mente-corpo-Quantum, tendo lecionado em cinco países, que passou para o bem-sucedido Centro de saúde General Medical Inc, e em clínicas em King County, Washington, por 15 anos depois de ter sofrido um ataque cardíaco em 1989. Entre suas realizações notáveis ​​está a descoberta de um tratamento antitoxina para armas biológicas.

Morreram em 2008:

# 87
[Imagem: 091105.Bruce_.Edwards.Ivins_.jpg]
Edwards Bruce Ivins, 62 anos. Morreu em 29 de julho, de uma overdose. Ele cometeu suicídio antes de acusações formais serem ajuizadas pelo Federal Bureau of Investigation por uma suposta conexão criminal com os ataques de antraz de 2001. Ivins foi provavelmente o único responsável pela morte de cinco pessoas e o ferimento de dezenas de outros, decorrentes do envio de várias cartas anônimas para os membros do Congresso e membros dos meios de comunicação, em setembro e outubro de 2001, as cartas continham Bacillus anthracis, comumente referido como antraz. Ivins foi co-inventor de duas patentes nos EUA para a tecnologia de vacina contra o antraz.

# 85 e 86
[Imagem: 090504.Bonomo-Ferez.jpg]
Laurent Bonomo e Gabriel Ferez, ambos de 23 anos. Morreram em 03 de julho, depois de ter sido amordaçados, esfaqueados e incendiados. Laurent, era um estudante das proteínas que causam doenças infecciosas, ele foi esfaqueado 196 vezes, sendo que a metade desses ferimentos foram em suas costas depois ele estava morto. Gabriel, que esperava se tornar um especialista em combustíveis ecofriendly, sofreu separadamente 47 ferimentos.

Morreram em 2007:

º 84
[Imagem: Yongsheng.Li_.jpg]
Yongsheng Li, 29 anos. Morte de causas desconhecidas, no dia 10 de março, quatro horas depois de ter sido visto pela última vez. Ele foi encontrado em uma lagoa entre o Complexo Desportivo das Mulheres e o Jardim Botânico Estadual, ao Sul da Milledge Avenue, num domingo depois de estar desaparecido por 16 dias. Li era um estudante de doutorado da China, que estudava células receptoras em bioquímica e laboratório de biologia molecular em Regents Professor David da Puett’s.

º 83
[Imagem: Mario-Alberto-Vargas-Olvera.jpg]
Dr. Mario Alberto Vargas Olvera, 52 anos de idade. Morreu em sua casa, em 06 de outubro de 2007, como resultado de várias lesões de força contundente na cabeça e no pescoço, determinadas como assassinato. Ele era um biólogo reconhecido nacional e internacionalmente.

Morreram em 2006:

º 82
[Imagem: Yoram.Kaufman-1.jpg]
Yoram Kaufman, 57 anos. Morreu em 31 de maio de 2006 (um dia antes de seu 58° aniversário), quando ele foi atingido por um automóvel enquanto andava de bicicleta perto do campus do centro de Goddard em Greenbelt. Dr. Kaufman começou a trabalhar no centro de vôo espacial em 1979 e passou toda a sua carreira lá como um cientista no campo da pesquisa. Suas principais áreas eram meteorologia e mudanças climáticas, com especialidade em análise de aerossóis – partículas sólidas no ar e líquidos na atmosfera. Nos últimos anos, ele era cientista atmosférico sênior da Divisão de Exploração da Terra ao Sol e desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do satélite Terra, da NASA, que recolhe dados sobre a atmosfera.

º 81
[Imagem: Lee-Jong-wook.jpg]
Lee Jong-woo, de 61 anos de idade. Morreu em: 22 de maio de 2006, depois de sofrer um coágulo de sangue no cérebro. Lee estava liderando a luta da organização contra ameaças globais de gripe aviária, AIDS e outras doenças infecciosas. Diretor-geral da OMS, desde 2003, Lee foi a principal autoridade internacional de seu país. O afável sul-coreano, que gostava de aliviar suas entrevistas coletivas com piadas, era um aficionado esportista, sem histórico de problemas de saúde, de acordo com funcionários.

Morreram em 2005:

º 80
Leonid Strachunsky. Morte: 08 de junho de 2005 depois de ter sido atingido na cabeça por uma garrafa de champanhe. Strachunsky era especializado na criação de micróbios resistentes a armas biológicas. Strachunsky foi encontrado morto em seu quarto de hotel em Moscou, onde ele tinha vindo de Smolensk, em rota para os Estados Unidos. Os investigadores estão à procura de uma ligação entre o assassinato deste líder bio pesquisador de armas biológicas e o surto de hepatite em Tver, na Rússia.

º 79
[Imagem: 050519.Robert.J.Lull_.jpg]
Robert J. Lull, 66 anos de idade. Morreu em: 19 de maio de 2005 de várias facadas. Apesar de seu carro ter desaparecido e do roubo aparente de cartão de crédito, o Inspector Holly Pera disse que os investigadores não estão convencidos de que o roubo foi o único motivo para o assassinato de Lull. Ela disse que um ladrão normalmente têm pego mais objetos de valor da casa de Lull, do que o assassino deixou para trás. Lull tinha sido chefe de medicina nuclear no Hospital Geral de San Francisco desde 1990 e atuou como professor de radiologia na UCSF. Ele era ex-presidente do American College of Physicians Nucleares e da Sociedade Médica de San Francisco e atuou como editor da revista da sociedade médica, San Francisco Medicina, de 1997 a 1999. Sua ex-esposa, Lull Lee, disse que seu ex-marido era um defensor da energia nuclear e gostava de debater suas posições políticas com os outros.

º 78
Todd Kauppila, de 41 anos de idade. Morreu em: 08 de maio de 2005 de pancreatite hemorrágica no hospital de Los Alamos, de acordo com o escritório do legista do estado. Fotos dele não estavam disponíveis devido à natureza secreta de sua obra. Sua morte ocorreu dois dias depois que Kauppila demonstrou alegria publicamente diante da notícia de que o diretor do laboratório estava saindo. Kauppila foi demitido pelo diretor Pete Nanos em 23 de setembro de 2004 na sequência de um escândalo de segurança. Kauppila disse que ele foi demitido porque ele não retornou imediatamente a partir de férias com a família durante uma investigação de laboratório em dois discos de computador classificados, que pensaram que estava faltando. A falha de segurança aparente de Nanos forçou o laboratório a fechar durante várias semanas. Kauppila alegou que ele tinha sido feito um bode expiatório sobre os discos, o que os investigadores concluíram que nunca existiu. O erro foi atribuído a uma falha de escrita. Depois que ele foi demitido, Kauppila aceitou um trabalho como empreiteiro na Bechtel Nevada Corp, uma empresa de pesquisa que trabalha com Los Alamos e em outros laboratórios nacionais. Ele também estava trabalhando em um novo Grids Redução Scatter em Radiografia Megavolt focado em placas de metal ou cruzou grades de ação para impedir a radiação dispersa, permitindo que os raios não dispersos de passarem diretamente, com outros cientistas: Scott Watson (LANL, DX-3) , Chuck Lebeda (LANL, XTA), Alan Tubb (LANL, DX-8), e Mike Appleby (Tecomet Thermo Electron Corporation)

º 77[Imagem: 050509.David_.Banks_.jpg]
David Banks, 55 anos. Morreu em: 08 de maio de 2005. Banks, com sede em North Queensland, morreu em um acidente de avião, junto com outras 14 pessoas. Ele era conhecido como um gênio Agro por inventar uma armadilha para mosquito do gado. Banks foi o principal cientista com autoridade de quarentena, e Biossegurança na Austrália estava fortemente envolvido na proteção dos australianos de doenças e pragas indesejáveis. A maior parte do trabalho de Dr Banks envolvia a prevenção de doenças potencialmente devastadoras a caminho da Austrália. Ele tinha estado na Indonésia observando o potencial da febre aftosa se espalhar pelo arquipélago e na Austrália. Entre outras doenças que ele lutou para manter fora dos pomares de dos rebanhos de gado australianos, incluem a febre suína clássica, o vírus Nipah e encefalite japonesa.

º 76
[Imagem: Douglas.James_.Passaro.jpg]
Dr. Douglas James Passaro, de 43 anos de idade. Morreu 18 de abril de 2005 de causas desconhecidas, em Oak Park, Illinois. Dr. Passaro foi um epidemiologista brilhante que queriam desvendar os segredos de uma bactéria em forma de espiral que causa a doença do estômago. Ele era um professor que desafiou seus alunos com exercícios reais em bioterrorismo. Ele era casado com Dr. Sherry Nordstrom.

º 75
[Imagem: Angara.jpg]
Gita Angara, 43 anos de idade. Morreu em: 08 de fevereiro de 2005. Esta química, anteriormente desaparecida, foi encontrada em um tanque de água da estação de tratamento de Totowa, New Jersey. Angara, de Holmdel, foi vista pela última vez na noite de 08 de fevereiro quando fazia testes de qualidade da água no Vale de Água da Comissão Passaic em Totowa, onde trabalhou por 12 anos. Os mergulhadores encontraram o corpo dela em uma abertura de cárter à 35 metros de profundidade na parte inferior de um dos tanques esvaziados. Os investigadores estão tratando a morte de Angara como um possível homicídio. Angara, uma química sênior com doutorado pela Universidade de Nova York, era casada e mãe de três filhos.

º 74
[Imagem: image051.jpg]
Im Jeong H., 72 anos. Morreu em: 07 de janeiro de 2005. Coreano Jeong H. Im, morreu de várias facadas no peito. Os bombeiros encontraram seu corpo no porta-malas de um carro em chamas no terceiro nível do Maryland Avenue Garage. A morte do professor assistente aposentado da Universidade de Missouri – Columbia, onde era principalmente um químico da proteína, está sendo investigada pelo MUPD com a ajuda do Departamento de Polícia de Columbia e Columbia Corpo de Bombeiros. A “pessoa de interesse” da investigação, foi descrita como sendo um homem 6?-6’2? usando algum tipo de máscara, possívelmente uma máscara pintores ou drywall, e foi visto na área do Maryland Avenue Garage. Dr. Im foi principalmente um químico de proteínas e ele era um pesquisador no campo.

Morreram em 2004:

º 73
[Imagem: Darwin.Kenneth.Vest_.jpg]
Darwin Kenneth Vest, nascido 22 de abril de 1951, foi um entomologista de renome internacional, especialista em aranhas hobo e outras aranhas e cobras venenosas. Darwin desapareceu nas primeiras horas da manhã de 3 de junho de 1999 enquanto caminhava no centro de Idaho Falls, Idaho (EUA). A família acredita que um jogo sujo estava envolvido no seu desaparecimento. Uma celebração pela vida de Darwin foi realizado em Idaho Falls e em Moscou, no aniversário de um ano do seu desaparecimento. Os serviços incluíram exposições da obra de Darwin, cartas de agradecimento de crianças de escolas e professores. As memórias de Darwin foram compartilhadas por pelo menos uma dúzia de oradores do mundo todo e foi conclu´da com a colocação de rosas e uma coroa de flores no memorial do rio Snake. Uma vigília à luz de velas também foi realizada à noite, nas margens do rio Snake.

Darwin foi declarado legalmente morto na primeira semana de março de 2004 e agora a família está em processo de obtenção de ordens de restrição contra várias empresas que vieram a usar seu nome e fotos sem autorização. Seu irmão David é conservador legal das questões de propriedade e sua irmã Rebecca está lidando com questões relacionadas a Eagle Rock Research, e os projetos de investigação e pesquisa que estavam em andamento.

Se a Mídia puder ajudar na localização de Darwin seria bem-vinda. Esforços contínuos para resolver este mistério incluiem uma amostragem recente DNA. Histórias sobre seu desaparecimento continuam a aparecer em todo o mundo. Questões que envolvem adultos desaparecidos receberam nova atenção após as tragédias de 911.

º 71 e 72
[Imagem: image049.jpg]
Tom Thorne, 64 anos, e Beth Williams, 53 anos; Mortos em 29 de dezembro de 2004. Dois cientistas estudiosos da vida selvagem, marido e esposa veterinários dos animais selvagens, que eram especialistas de destaque nacional em doença debilidade crônica e brucelose foram mortos em um acidente de neve. Tom Thorne e Beth Williams, ambos da rural Albany County, Wyoming, morreram quando sua camionete bateu num trailer, na U.S 287, no norte do Colorado.

º 70
[Imagem: image047.jpg]
Taleb Ibrahim al-Daher. Morreu em: 21 de dezembro de 2004. Cientista nuclear iraquiano foi morto a tiros ao norte de Bagdá por homens armados desconhecidos. Ele estava a caminho do trabalho na Universidade de Diyala, quando homens armados abriram fogo contra seu carro, quando estava atravessando uma ponte em Baquba, 57 km a nordeste de Bagdá. O veículo desviou para fora da ponte e caiu no rio Khrisan. Al-Daher, que era um professor na universidade local, foi retirado do carro submerso e levado às pressas para hospital de Baquba, onde foi declarado morto.

# 69
[Imagem: image045.jpg]
John R. La Montagne, 61 anos de idade. Morreu em: 02 de novembro de 2004. Morreu enquanto no México, o motivo declarado, e mais tarde divulgado foi embolia pulmonar. Foi Vice-Diretor de NIAID, PhD, Chefe da Unidade de Doenças Infecciosas EUA . Era especialista em Programa de AIDS e Microbiologia e Doenças Infecciosas.

º 68
Matthew Allison, 32 anos. Morreu em 13 de outubro de 2004, numa fatal explosão de carro, que estava estacionado em Osceola County, na Flórida, em frente à loja do Wal-Mart. Testemunhas disseram que o homem saiu da loja por volta das 11 horas e entrou em seu carro Ford Taurus quando ele explodiu. Os investigadores em registro disseram ter encontrado Duraflame e botijões de gás propano no banco do passageiro da frente. Allison tinha um diploma universitário em biologia molecular e biotecnologia.

º 67
Toki Mohammed Hussein al-Talakani, 40 anos de idade. Morreu em 5 de setembro de 2004: O cientista nuclear iraquiano foi morto a tiros em Mahmudiya, ao sul de Bagdá. Ele era um físico nuclear desde 1984.

º 66
Professor John Clark, Idade 52, Morreu em 12 de agosto de 2004. Foi encontrado enforcado, em sua casa de férias. Era um especialista em ciência animal e biotecnologia, onde desenvolveu técnicas para a modificação genética de animais; este trabalho abriu o caminho para o nascimento, em 1996, da ovelha Dolly, o primeiro animal adulto a ter sido clonado. Ele era Chefe do laboratório de ciências que criou a ovelha Dolly e levou o Instituto Roslin em Midlothian, a se tornar um dos principais centros de pesquisa Biotecnologia Animal do mundo. Ele desempenhou um papel crucial na criação da ovelha transgênica que fez a fama instituto em todo o mundo. Ele esteve à frente de um projeto para produzir proteínas humanas (o que poderia ser utilizada no tratamento de doenças humanas) no leite de ovelha. Clark e sua equipe focada seu estudo sobre a produção de alfa-I-antitryps em proteínas, o qual é usado para o tratamento de fibrose cística. Prof Clark também fundou três empresas spin-out da Roslin – PPL Therapeutics, Rosgen e Roslin BioMed.

º 65
[Imagem: image043.jpg]
Dr. John Badwey, 54 anos de idade. Morreu em: 21 julho 2004. Cientista e político acidental quando se opôs a eliminação do programa de resíduos de esgoto de exposição das pessoas ao lod0. De forma repentina desenvolveu sintomas semelhantes à pneumonia e morreu em duas semanas. Bioquímico em Harvard e Médico especializado em doenças infecciosas.

º 64
Dr. Bassem al-Mudares. Morreu em: 21 jul 2004. O corpo mutilado foi encontrado na cidade de Samarra, no Iraque. Ele era um Phd. químico e foi torturado antes de ser morto. Ele era um trabalhador de empresa farmacêutica e tinha um doutorado química.

º 63
[Imagem: Stephen.Tabet_1.jpg]
Professor Stephen Tabet, de 42 anos de idade. Morreu em 6 de julho de 2004 a partir de uma doença desconhecida. Ele era um professor e epidemiologista da Universidade de Washington. Um médico mundialmente renomado e pesquisador que trabalhou com pacientes com HIV em um ensaio clínico de vacina para Vaccine Trials Network HIV.

º 62
Dr. Larry Abetarda, 53 anos de idade. Morreu 02 de julho de 2004 de causas desconhecidas. Ele era um cientista no Departamento de Energia Sandia, onde ajudou a desenvolver um spray de espuma para limpar prédios do Congresso durante o susto de antraz em 2001. Trabalhou no Sandia National Laboratories, em Albuquerque. Como um especialista em bioterrorismo, sua equipe desenvolveu uma nova tecnologia utilizada contra os agentes biológicos e químicos.

º 61
[Imagem: Edward.Hoffman.jpg]
Edward Hoffman, 62 anos de idade. Morreu 01 julho de 2004, de causas desconhecidas. Hoffman foi um professor e um cientista que também ocupou cargos de liderança dentro da comunidade médica UCLA. Ele trabalhou para desenvolver o primeiro scanner PET humano em 1973 na Universidade de Washington em St. Louis.

º 60
[Imagem: image0411.jpg]
John Mullen, 67 anos de idade. Morte: 29 de junho de 2004. Era um físico nuclear da Mc Donnell Douglas, que foi envenenado com uma enorme dose de arsênico. A polícia está investigando. No momento da sua morte, ele estava contrado e fazendo um trabalho para a Boeing.

º 59
Dr. Paul Norman, 52 anos de idade. Morreu em 27 de junho de 2004, em Salisbury Wiltshire. Morreu quando o monomotor Cessna 206 que pilotava caiu em Devon. Era especialista em armas químicas e biológicas. Ele viajou pelo mundo palestrando sobre a defesa contra o flagelo das armas de destruição em massa. Ele era casado, tinha um filho de 14 anos e uma filha de 20 anos. Ele foi o cientista-chefe da defesa química e biológica do Ministério do laboratório de Defesa em Porton Down, Wiltshire. O local do acidente foi examinado por funcionários da Air Accidents Investigation Branch e os destroços da aeronave foram retirados do local para a base AAIB em Farnborough.

º 58
[Imagem: image039.jpg]
Assefa Tulu, de 45 anos. Morreu em 24 de junho de 2004. Dr. Tulu entrou para o departamento de saúde em 1997 e atuou por cinco anos como um epidemiologista solitário do município. Ele foi acusado de rastrear a saúde do concelho, que incluia a propagação de doenças, como a sífilis, AIDS e sarampo. Ele também projetou um sistema para a detecção de um ataque de bioterrorismo envolvendo vírus ou agentes bacterianos. Tulu muitas vezes fez esforços coordenados para enfrentar os principais problemas de saúde no município de Dallas, como os surtos de vírus do Nilo Ocidental dos últimos anos, e trabalhou com os meios de comunicação para informar o público. Foi encontrado morto de bruços, em seu escritório. De acordo com o Dallas County, o epidemiologista morreu de um acidente vascular cerebral hemorrágico.

º 57
[Imagem: image037.jpg]
Thomas Gold, 84 anos. Morte: 22 de junho de 2004. Nascido austríaco Thomas Gold, ficou famoso ao longo dos anos por uma série de teorias ousadas que desprezavam a sabedoria convencional e assim relatou em seu livro de 1998, “The Deep Hot Biosphere,”, a idéia desafiava a sabedoria aceita de como o petróleo e o gás natural são formados e, ao longo do livro ele propõe uma nova teoria das origens da vida na Terra e de, potencialmente, em outros planetas. Ele travou uma batalha de longo prazo com sua insuficiência cardíaca. A Teoria da biosfera quente e profunda sugere ramificações importantes para a possibilidade de vida em outros planetas, incluindo planetas aparentemente inóspitos dentro de nosso próprio sistema solar. Ele era professor emérito de Astronomia da Universidade Cornell e foi o fundador (e por 20 anos diretor) de Cornell Center for Radiofísica e Pesquisas Espaciais. Ele também esteve envolvido em investigações de acidentes aéreos.

º 56
Antonina Presnyakova, 46 anos de idade. Morreu em 25 de maio de 2004. Uma cientista russa de um antigo laboratório de armas biológicas soviéticas na Sibéria, morreu após um acidente com uma agulha contaminada com ebola. Cientistas e autoridades disseram que o acidente tinha levantado preocupações sobre a segurança e sigilo no Centro de Pesquisas do Estado de Virologia e Biotecnologia, conhecido como Vector, que nos tempos soviéticos era especializada em transformar vírus mortal em armas biológicas. Vector tem sido um destinatário principal de ajuda em um programa americano.

º 55
[Imagem: image035.jpg]
Dr. Eugene Mallove, 56 anos de idade. Morreu em 14 de Maio de 2004. A autópsia confirmou que Mallove morreu como resultado de várias lesões de força contundente na cabeça e no pescoço. Foi encontrado em sua garagem e sua morte apontada como assassinato. Especialista em Energia Alternativa, estava trabalhando no anunciado programa de energia alternativa viável, era graduado pelo Norwich Free Academy. Foi surrado até a morte durante o suposto assalto. Mallove era muito respeitado por seu conhecimento da fusão a frio. Ele tinha acabado de publicar uma “carta aberta”, em que descrevia as razões e os resultados dos seus últimos 15 anos no campo da “pesquisa de energia nova.” Dr. Mallove estava convencido de que era apenas uma questão de meses para que o mundo visse um dispositivo de energia livre.

# 54
William T. McGuire, de 39 anos de idade. Encontrado morto em 05 de maio de 2004, tendo sido visto pela última vez no final de abril de 2004. Seu corpo foi encontrado em três malas flutuando na baía de Chesapeake. Ele era NJ University Professor e analista programador sênior e professor adjunto no Instituto de Tecnologia de New Jersey, em Newark. Ele surgiu como um dos principais microbiologistas do mundo e um especialista em desenvolver e supervisionar vários níveis de instalações biocontainment.

º 53
Ilsley Ingram, 84 anos. Morreu em 12 de abril de 2004, de causas desconhecidas. Ingram foi Diretor do supra-regional Hemofilia Centro de Referência e do Centro de supra-regional para o diagnóstico de distúrbios hemorrágicos no St. Thomas Hospital, em Londres. Apesar de sua idade ser o mais provável motivo de sua morte, por que não foi isto não foi confirmado pela família e pela na mídia?

º 52
Mohammed al-Munim Izmerly, Morte: Abril de 2004. Este distinto professor de química iraquiano de sucesso morreu sob custódia americana devido a um repentino trauma na parte de trás de sua cabeça. É incerto o modo exato como ele morreu, mas supõe-se que alguém tenha batido nele por trás, possivelmente num bar ou com uma pistola. Seu cadáver maltratado apareceu no necrotério de Bagdá e a causa da morte foi inicialmente registrada como “compressão do tronco cerebral”. Foi descoberto que médicos norte-americanos fizeram uma incisão de 20 centímetros em seu crânio.

º 51
Vadake Srinivasan, Morreu em 13 de março de 2004. O Microbiologista caiu do carro em guard rail em Baton Rouge, LA. A morte foi considerada um acidente vascular cerebral. Ele era originalmente da Índia, foi um dos biólogos industriais mais-talentosos e respeitados na academia, e possuia dois doutorados.

º 50
Dr. Michael Patrick Kiley, 62 anos de idade. Morreu em 24 de janeiro de 2004, de um ataque cardíaco fulminante. Especialista mundial. top de linha em Ebola, Mad Cow (doença da vaca louca) . É interessante notar, que ele tinha um bom coração. Dr. Shope e Dr. Kiley estavam trabalhando na atualização do laboratório para BSL 4 no Galvaston laboratório UTMB para a Segurança Interna. O laboratório teria de ser seguro para alojar alguns dos patógenos mortais de doenças infecciosas e tropicais emergentes, bem como os “bioweaponized”.

 

Continua…

Este artigo abaixo de setembro de 2009, mostra outras mortes suspeitas de microbiologistas:
Anúncios

Autoridades sírias encontram armas químicas em túnel de rebeldes!

Síria, armas químicas, governo, oposição

Os militares sírios encontraram armas químicas num túnel de rebeldes. Vários soldados sofreram asfixia, informa a mídia, se referindo ao TV estatal da Síria.

Esta quarta-feira a mídia relatou que as tropas governamentais tinham efetuado um ataque maciço com armas químicas nos arredores de Damasco, o que resultou, segundo dados preliminares, em mais de 600 mortos. A Coalizão Nacional da Oposição da Síria afirma que o número de vítimas pode atingir as 1.300 pessoas.

As autoridades e o comando da Síria, por sua vez, negam o uso de armas químicas.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_24/autoridades-sirias-encontraram-armas-quimicas-em-tunel-de-rebeldes-8198/

Onda gigante fere 30 e causa pânico em cidade do leste da China!

Segundo informações da BBC, ondas podem ter chegado aos 20 metros. Veja fotos e vídeo!

Cerca de 30 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira (22), na província de Zhejiang, localizada no leste da China, quando uma onda gigante atingiu a margem do rio Qiantang.

Segundo informações da BBC, uma estação de monitoramento de clima disse ter registrado ondas de até 20 metros de altura, que – se confirmadas – seriam um recorde em mais de uma década.

Em uma tradição milenar, chineses e turistas costumam ir às margens do rio para esperar a chamada “maré de Haining”, e no final do verão é celebrado o Festival de Observação da Maré.

As ondas maiores que o normal, no entanto, foram provocadas pela passagem do tufão Trami na região. Das 30 pessoas feridas, 11 permanecem internadas em hospital, segundo agência estatal de notícias da China.

Abaixo, assista aos vídeos:

Forte tempestade solar deve atingir a Terra a partir de sábado!

Uma grande quantidade de partículas carregadas provenientes do Sol deve atingir a magnetosfera da Terra neste final de semana e provocar blecautes de radio-propagação e auroras polares em regiões de latitudes elevadas.

A causa dessa tempestade é o rompimento de um filamento de plasma ocorrido na terça-feira no hemisfério sul da estrela. O evento liberou uma grande quantidade de partículas carregadas que se desloca 1.55 milhões de km/h.

De acordo com o modelo de propagação de ejeção de massa coronal, CME, a frente principal dessa onda chegará à Terra a partir das primeiras horas de sábado, dia 24, e deverá provocar distúrbios geomagnéticos durante todo o dia.

Ejeções de massa coronal são enormes bolhas de gás ionizado com mais 10 bilhões de toneladas, lançadas ao espaço a velocidades que superam facilmente a marca de um milhão de quilômetros por hora.

Quando atingem cerca de 60 mil km de altitude, as partículas carregadas são desviadas pela magnetosfera terrestre em direção aos polos. Na atmosfera superior dessas regiões elas se chocam com os átomos de oxigênio e nitrogênio e produzem radiação nos comprimentos de onda verde e vermelho respectivamente. Essas emissões são conhecidas como auroras polares e ocorrem entre 60 km e 150 km de altitude.

Consequências da Tempestade Solar
A EMC que está se dirigindo à Terra pode provocar efeitos mais dramáticos que simples auroras, uma vez que deverá atingir diretamente o nosso planeta. Com isso, espera-se uma elevação substancial do Índice KP que mede a instabilidade da ionosfera e valores entre KP=6 e KP=7 não estão descartados.

Tabela de Índice KP

Apesar de as tempestades solares ou geomagnéticas não oferecerem riscos à saúde, a indução de correntes elétricas de forma indesejada pode produzir diversos efeitos nocivos em sistemas de distribuição de energia elétrica, navegação por satélite e nas comunicações intercontinentais por ondas curtas. Além disso, devido a mudanças na densidade da atmosfera superior, os satélites de orbita baixa podem precisar de reorientação.

A tabela acima mostra os efeitos práticos que podem ocorrer caso os índices KP atinjam os valores mencionados.

A mais intensa
É importante deixar claro que as tempestades geomagnéticas produzem efeitos muito mais perigosos nas regiões polares do que nas equatoriais ou tropicais e somente em raríssimas exceções as auroras podem ser vistas em áreas abaixo de 40 graus de latitude.

A tempestade geomagnética mais intensa que se tem registro ocorreu entre agosto e setembro de 1859. A forte tormenta foi testemunhada pelo astrônomo britânico Richard Carrington, que observou o fenômeno através da projeção da imagem do sol em uma tela branca. Em sua homenagem, a tempestade foi denominada Evento Carrington.

transformador queimado devido a tempestade solar

Na ocasião, a anomalia geomagnética foi tão intensa que disparou uma série de explosões nas linhas telegráficas que eletrocutaram técnicos e incendiou os papéis das mensagens em código Morse. Testemunhas afirmam que auroras boreais foram vistas até nas latitudes médias ao sul de Cuba e Havaí. Há relatos de auroras tão brilhantes que os camponeses pensavam que o dia estava amanhecendo.

Estima-se que o Evento Carrington foi 50% mais intenso que a supertempestade geomagnética de maio de 1921.


Artes: No topo, modelo solar gerado no Centro de Previsão de Clima Espacial, SWPC, mostra o deslocamento das partículas carregadas se dirigindo à Terra, identificada no gráfico como um círculo amarelo. Em seguida, animação das imagens do Solar Dynamics Observatory (SDO), da Nasa, mostra o instante em que o filamento se rompeu no hemisfério sul da estrela. Acima, um dos transformadores que explodiu durante a tempestade solar ocorrida em 1989 na cidade de Québec, no Canadá. Créditos: NOAA/SWPC, NASA, Hydro Québec, Apolo11.com.

Fonte:

http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Forte_tempestade_solar_deve_atingir_a_Terra_a_partir_de_sabado&posic=dat_20130823-081425.inc

Israel ataca Líbano em resposta à atentado com mísseis contra o Estado judeu!

A Força Aérea de Israel teve como alvo um local situado entre Beirute e Sidon, em resposta ao disparo de quatro foguetes lançados contra o país na quinta-feira.

A Força Aérea de Israel realizou um ataque no Líbano nesta sexta-feira (23), horas depois que militantes libaneses dispararam mísseis contra o Estado judeu, informou o exército do país.

“A Força Aérea de Israel teve como alvo um local situado entre Beirute e Sidon, em resposta ao disparo de quatro mísseis lançados contra Israel ontem”, informa o Exército.

Dois dos quatro foguetes disparados pelos militantes do Líbano na quinta-feira tinham atingido áreas povoadas, causando apenas danos materiais.

O ataque foi supostamente comandado pelo grupo Abdullah Azzam, ligado a Al-Qaeda.

O Exército israelense reiterou em sua declaração desta sexta-feira que “não responsabiliza o governo libanês pelo ataque”.

Fontes:

http://www.otempo.com.br/capa/mundo/israel-ataca-l%C3%ADbano-em-resposta-%C3%A0-atentado-com-m%C3%ADsseis-contra-o-estado-judeu-1.701862

http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_08_23/Forca-Aerea-de-Israel-ataca-Libano-7743/

Super-Inflação é Acobertada pelo Governo – Não é o dólar que está em alta, é o Real que está despencando!

NÃO É O DÓLAR QUE ESTÁ EM ALTA, É O REAL QUE ESTÁ DESPENCANDO, e o governo nega que isso esteja acontecendo.

Ao invés de ficar mostrando a cotação do Dolar, como faz a mídia de massa, vamos fazer o procedimento inverso.Ver quanto custa o Real para qualquer estrangeiro comprar, e ver a evolução disto, nos últimos 3 meses.

Comparação dos últimos 3 meses, das cotações:
Real em Dólar Americano
Real em Libra Esterlina
Real em Euro
Real em Franco Suíço
Real em Yen Japonês
Real em Dólar Canadense

Veja que em qualquer moeda, é são os mesmos contornos que aparecem. Embora cada moeda flutue livremente, a flutuação principal é do próprio Real, e pode ser visto que os diferentes gráficos fazem o mesmo desenho.

Alguém pode alegar que essas são as maiores moedas, que estão em alta, que houve manipulação na escolha das mesmas, ou outro tipo qualquer de manipulação.

Então, para tirar a prova, resolvi escolher outras moedas aleatoriamente:

Real em Taka de Bangladesh 
Real em Lev da Bulgária
Real em Dinar da Algéria
Real em Shekel de Israel
Real em Wow da Coréia do Sul
Real em Colón de El Salvador

Novamente, o mesmo contorno.

CONCLUSÕES:

A inflação acumulada no período é de 15% à 20%, perfazendo uma média de 17,5% nos último trimestre.

Por exemplo, você é uma fábrica, e somando a mão de obra e matéria prima, você gasta R$ 85,00 para produzir um produto, que vende por R$ 100,00.

Você continua vendendo seu produto por R$ 100,00 mas, o problema é que esses R$ 100 de agora, na verdade equivalem a R$ 83,50 de três meses atrás, quando você gastou R$ 85,00 para produzir. Portanto, se você não aumentar os preços, você irá a falência, e provavelmente terá de aumentar seu produto para R$ 120,00 para isso não acontecer.
Isso se chama inflação.

Estamos ficando mais pobres.

E não adianta culpar o livre mercado pelo desejo de lucrar.
Se o Real está desvalorizando, é por que o Governo está imprimindo dinheiro 24hrs por dia, para pagar os estádios da copa do mundo.

Não sei se você percebeu, mas todas as coisas estão aumentando de preço, e o seu salário não aumentou, e a poupança não tem dado nada disto para ninguém – por que o Governo nega que tal inflação exista e que seja tão grande – um procedimento que também foi feito pela Argentina, durante a crise.

Provavelmente governo está fazendo isso por motivos eleitorais.

Seria “muito ruim” se a população descobrisse, que o atual partido governante, pegou uma economia perfeita do Real (sem nenhuma inflação), deixada por um partido opositor, e após 8 anos sem fazer nada, apenas “desfrutar da sorte”, resolveu fazer desvios de dinheiro com obras da copa do mundo, e que foram tão violentos, que a economia do país entrou em colapso.

+BONUS:

HOLODOMOR 2013 – O PESADELO COMUNISTA.
(Como um governo consegue estragar o seu próprio mercado, e fazer com que funcione de forma nociva).

Após o absurdo tabelamento de preços dos alimentos e posterior desabastecimento em massa nos mercados, a população passa fome  – E grupos de distribuidores venezuelanos organizam a mais sinistra das ações – Formar pequenos consórcios, e contrabandear comida pelo preço baixo e subsidiado da Venezuela, e vender nos países vizinhos. 

Há semanas tem sido impossível encontrar farinha de milho em qualquer mercado da Venezuela, assim como leite em pó sumiu e recentemente, até pasta de dente e papel higiênico.

Mas agora que o governo venezuelano e as suas forças de segurança estão trabalhando em conjunto com líderes locais do partido e os Conselhos Comunais para fins de inteligência, e grandes quantidades de alimentos foram encontrados em estoques clandestinos em todo o país.

Desde janeiro de 2013, foi encontrado pelo menos 40.000 toneladas de alimento em vários locais escondidos.

Aqui são publicados fotos reais tiradas em 18 de junho no estado de Táchira, onde 400 toneladas de alimentos básicos foram encontrados estocados em um único depósito secreto, na cidade de San Cristobal .

Os produtos foram descobertos:
-195 toneladas de arroz
-Uma tonelada de café em pó
-4.000 litros de óleo de cozinha

Além de e açúcar, feijão, rolos de papel higiénico, sardinha em lata e atum, lentilha, ervilha, aveia, maionese, molho de tomate e guardanapos. Todo o material é ilegal.

A descoberta foi feita por uma operação conjunta liderada pelo governador do estado de Tachira, José Vielma Mora, em conjunto com a polícia do Estado e as autoridades fiscais (SENIAT).

O fato de que esta mercadoria foi encontrada em estado de Tachira, que faz fronteira com a Colômbia, pode significar que a comida estava sendo contrabandeada por uma rota através da Colômbia e vendidos em supermercados da Colômbia a preços muito mais elevados do que o da tabela da Venezuela.

Suspeita-se que na base das quadrilhas, estejam os servidores públicos envolvidos no processo de produção e transporte.

As seguintes fotografias de apenas um ataque do governo, fornece provas das táticas do contrabando de alimentos. Este ataque levanta questões sobre o número de outros bunkers de alimentos escondidos que estão ainda a serem descobertos com novas estratégias de Maduro, para “a defesa e aprofundamento da revolução.

José Vielma Mora, governador bolivariano do Estado de Tachira, sendo entrevistado pela mídia.
195 toneladas de arroz, estocado e pronto para ser revendida nos mercados da Colômbia.
Café Brasil passou a ser produzido na Venezuela, após subsídios do governo. Apreensão de 1 tonelada.
Outro depósito de arroz, na mesma chácara.
Policia do estado e ficais do SENIAT fazendo apreensão do açúcar irregular.
Oficial mostra apreensão ao goernador. Entre o material, fardos de Papel Higiênico.
5500Kg de açúcar sendo apreendidos pelo Exército, na casa de um funcionário público em Caracas.

Todo o tabelamento de preços causa escassez.
Acho que Lenin não queria matar os ucranianos em Holodomor.
Ele estava bem intencionado, e estava apenas aplicando a ideologia que ele acreditava.
Depois eles descobriram que tal ideologia era errada, da pior forma possível.

FONTE

Documentário “Evolution vs. God” mostra que a “Teoria da evolução” de Darwin trata-se de uma questão de fé!

Um documentário sobre a Teoria da Evolução, produzido pelo evangelista, escritor e apresentador de TV Ray Comfort, tem causado grande comoção nos Estados Unidos.
O filme “Evolution vs. God” (“Evolução versus Deus”, em tradução livre) mostra Comfort entrevistando diversos cientistas adeptos da teoria em universidades norte-americanas.
A proposta do projeto é expor a tese de Charles Darwin como algo sem fundamento científico, por não poder ser comprovada.
Nas entrevistas, o evangelista questiona aos cientistas se eles poderiam apresentar “evidências visíveis a testáveis” – que são métodos científicos – da teoria da evolução. Como a resposta foi sempre negativa, o público que assistiu ao vídeo de 38 minutos no YouTube tratou de se engajar na divulgação do projeto.
“Absolutamente devastador”, escreveu um internauta num comentário no canal do ministério Livingwaters, que é liderado por Comfort, no YouTube.
Janet Parshall, apresentadora da Radio Nacional, elogiou o projeto dizendo que o evangelista “Ray Confort produziu um filme fabuloso”.
Outro internauta pontuou que a adesão das pessoas à teoria darwiniana se deve a uma necessidade de justificar suas escolhas de vida: “Isso ocorre porque a convicção de que Darwin estava certo lhes dá uma porta aberta para a prostituição sem culpa, pornografia, homossexualidade, adultério, blasfêmia e qualquer que seja o seu coração deseja”, escreveu, fazendo referência à opção de ignorar os ensinamentos de Deus.
Assista “Evolution vs. God” completo e legendado (Talvez seja necessário acionar as legendas):